A Emancipação Nigeriana | Hoje na História

Hoje na História, 1 de outubro de 1960

No dia 1º de outubro de 1960, há 59 anos, a Nigéria conquistava sua independência. No século XIX os britânicos passam a se consolidar no país com o Imperialismo, e permanecem até a data da independência nigeriana. A instabilidade política na Nigéria acabou gerando muitos conflitos internos, travando uma Guerra Civil que durou três anos (1967 a 1970) conhecida como a guerra do Biafar, marcado pelas desavenças entre os Hauçás e os Igbos. Similar com a divisão da historiografia brasileira, na Nigéria foram denominadas duas Repúblicas. A primeira começa com sua independência. Em 1975 projetam alterar a capital para Abuja e no ano seguinte o presidente Murtala Ramat Mohammed é assassinado. Após isso, a ascensão de Olosegun Obasanjo marca a Segunda República. A Nigéria contém a maior população e o maior PIB do continente africano (em torno de 180 milhões de habitantes e 500 bilhões de dólares respectivamente), e mesmo possuindo centenas de grupos étnicos, os hauçás, igbos e os yorubás são maioria. A língua oficial do país é o inglês, mas ela é lar de 520 línguas. Religiosamente são divididos entre cristãos e muçulmanos. Possui uma das economias mais fortes do continente, sendo um dos maiores produtores de petróleo da África. A literatura é uma ferramenta muito poderosa para os nigerianos, pois ela está diretamente ligada a sua história, denunciando todo o processo colonizador e evidenciando, principalmente, toda a força e resistência de seu povo. Chinua Achebe e Chimamanda Ngozi Adichie são famosos escritores nigerianos.

Na imagem, soldado igbo na Guerra do Biafar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.