O Primeiro Círio | Hoje Na História

8 de Setembro de 1793

Há 227 anos, em 8 de setembro de 1793, iniciava-se o que hoje é a maior manifestação de devoção católica do mundo, o Círio de Nazaré. Sempre no segundo domingo de outubro, os devotos acompanham a imagem de Nossa Senhora de Nazaré pelo caminho entre a Catedral Metropolitana de Belém até a Basílica de Nazaré, em uma procissão que ano passado durou cerca de 4 horas e meia.

A origem da devoção à virgem de Nazaré veio com os padres jesuítas no século XVII, mas a tradição mais popular conta que em 1700, Plácido, um descendente de portugueses e indígenas encontrou uma pequena estátua de Nossa Senhora de Nazaré às margens de um igarapé, na área hoje correspondente à basílica. Depois de limpar a pequena imagem de madeira e coloca-la em um altar improvisado, Plácido teria se surpreendido com o seu desaparecimento e retorno ao local onde foi encontrada.

O suposto milagre deu início às homenagens da população local e Plácido construiu uma pequena ermida para a estátua. Mas o próprio governador da então Capitania teria colocado a imagem sob vigia de guardas na capela do palácio do governo, de onde ela também desapareceu, ressurgindo na pequena capela construída pelo pescador. Desde então a devoção à santa foi ganhando caráter oficial até acontecer a primeira procissão em 1793.

Desde então, o evento ganhou grande proporção e relevância, tornando-se um dos elementos constituintes da identidade paraense, com mais de 2,5 milhões de fiéis na procissão de 2019, sendo reconhecido em 2004 como Patrimônio Cultural Imaterial pelo Iphan e em 2013 Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Neste ano, pela primeira vez desde a Cabanagem em 1835, o Círio não irá acontecer, devido à pandemia.

Na imagem, ilustração do Círio publicada na revista Puraquê, outubro de 1878.

Conheça nossa campanha de financiamento contínuo

Entre em www.catarse.me/clio e conheça a nossa campanha de crowdfunding no Catarse, a partir de R$ 5,00 você já ajuda o Clio a se manter no ar e produzir mais conteúdos para vocês

Financiadores desse post

Cristina Lima, Elizabeth Santos, Gabriel Bastos, Gui Aschar, Hannah Lima, Lazaro Coelho, Paula Guisard, Rosana Vecchia, Suzana Athayde, Vanessa Spinosa

Para todos vocês, nosso muito obrigado!

Você também pode nos financiar via PicPay. Você pagou aquele boleto, deu cashback e você não vai usar, não vai fazer falta? Então porque não apoiar um projeto de comunicação e educação histórica. Procura a gente lá em https://app.picpay.com/user/cliohistoriaeliteratura

Siga o Clio nas Redes Sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.