Julius e Ethel Rosenberg São Condenados À Morte | Hoje Na História

5 de Abril de 1951

A primeira bomba atômica russa explodiu quatro anos depois de Hiroshima e Nagasaki, em 28 de agosto de 1949. Se a mídia se mostrou perplexa com a demonstração de poder, a recém criada CIA questionou como os soviéticos haviam tido sucesso tão rápido. Logo começou uma sindicância em Los Alamos, Novo México, quartel general do programa de desenvolvimento da arma nuclear, que em pouco tempo tornou-se uma investigação.

O primeiro preso foi um cientista do programa, Klaus Fuchs, alemão de nascimento que confessou ter passado informações confidenciais sobre o programa atômico norte-americano aos soviéticos. Um dos cúmplices de Fuchs era David Greenglass, que delatou sua irmã e seu cunhado como recrutadores da URSS. Eram Ethel, atriz e secretária, e Julius Rosenberg, um engenheiro elétrico que trabalhara para o Corpo de Sinaleiros do Exército dos EUA.

Diante das alegações de inocência do casal, o juiz Irving Kaufman considerou o crime “pior que assassinato” e responsabilizou os Rosenberg pelos 50 mil soldados mortos na Guerra da Coréia. O clima de histeria era completo. Apesar da mobilização da opinião pública, há 69 anos, no dia 05 de abril de 1951, o casal foi condenado à morte por cadeira elétrica. No dia 19 de junho de 1953, Ethel e Julius foram executados na prisão de Sing Sing. Ethel Rosenberg escreveu em uma de suas últimas cartas que “Meu marido e eu deveremos ser vingados pela História. Nós somos as primeiras vítimas do fascismo americano.

Divulgados após a execução, telegramas soviéticos decodificados parecem confirmar que Julius agiu como mensageiro e recrutador para os soviéticos, mas as dúvidas em relação ao nível de participação de Ethel na missão ainda persistem.

Na imagem, Julius e Ethel Rosenberg, separados por uma tela pesada quando saem do Tribunal dos EUA depois de serem considerados culpados pelo júri, 05 de abril de 1951.


Conheça nossa campanha de financiamento contínuo

Entre em www.catarse.me/clio e conheça a nossa campanha de crowdfunding no Catarse, a partir de R$ 5,00 você já ajuda o Clio a se manter no ar e produzir mais conteúdos para vocês

Financiadores desse post

Cristina Lima, Elizabeth Santos, Gabriel Bastos, Gui Aschar, Hannah Lima, Lazaro Coelho, Paula Guisard, Rosana Vecchia, Suzana Athayde, Vanessa Spinosa

Para todos vocês, nosso muito obrigado!

Siga o Clio nas Redes Sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.