O Princípio | Hoje Na História

5 de Julho de 1687

Há 333 anos, era publicado o primeiro volume de um dos livros mais importantes da humanidade! Philosophiæ Naturalis Principia Mathematica (Princípios Matemáticos da Filosofia Natural) ou simplesmente Principia, a obra-prima de Isaac Newton, pedra basilar da ciência contemporânea e do Iluminismo como um todo.

No início de 1684 Robert Hooke, Christopher Wren e Edmond Halley, todos membros da Real Academia de Ciências da Inglaterra, discutiam em um café londrino sobre as derivações matemáticas dos movimentos planetários. Hooke bravateou que conseguiu fazer as derivações mas nunca apresentou os resultados. Halley então procurou Newton que era seu colega de cátedra em Cambridge para debater sobre o assunto.

Newton surpreendeu Halley dizendo que já havia feito as derivações a alguns anos (durante a quarentena da Grande Peste de Londres de 1666) mas não sabia onde estavam as anotações, mas que as enviaria assim que encontrasse. Edmond voltou para casa achando que tratava-se de outra bravata e foi embora, conformando-se em esquecer o assunto.

Alguns dias depois, recebeu uma carta de Newton, informando que não havia encontrado as anotações originais, e por isto havia refeito as derivações em um manuscrito de 9 páginas, o De motu corporum in gyrum (Do movimento dos corpos em órbita), que na verdade era uma ampliação do trabalho anterior, que impressionou Halley por sua originalidade.

Ele então convenceu Newton a elaborar os três volumes, e colaborou como editor e financiador da obra, que apresenta não apenas as três leis newtoniana, como também a base do método científico que é o princípio da construção do conhecimento científico, tornando Principia a base do Iluminismo e, por consequência, de toda a produção científica desde então.

Na imagem, Isaac Newton aos 46 anos de idade, retratado por Godfrey Kneller, 1689.

Conheça nossa campanha de financiamento contínuo

Entre em www.catarse.me/clio e conheça a nossa campanha de crowdfunding no Catarse, a partir de R$ 5,00 você já ajuda o Clio a se manter no ar e produzir mais conteúdos para vocês

Financiadores desse post

Cristina Lima, Elizabeth Santos, Gabriel Bastos, Gui Aschar, Hannah Lima, Lazaro Coelho, Paula Guisard, Rosana Vecchia, Suzana Athayde, Vanessa Spinosa

Para todos vocês, nosso muito obrigado!

Você também pode nos financiar via PicPay. Você pagou aquele boleto, deu cashback e você não vai usar, não vai fazer falta? Então porque não apoiar um projeto de comunicação e educação histórica. Procura a gente lá em https://app.picpay.com/user/cliohistoriaeliteratura

Siga o Clio nas Redes Sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.