Massacre de Fatima

Hoje na História, 20 de Agosto de 1976

Em 20 de Agosto de 1976, há 43 anos, mais de 30 presos, detidos acusados de serem guerrilheiros, foram mortos a dinamites, em Fatima, distrito de Pilar, cidade esta que pertence a Buenos Aires. O país sofreu dois golpes militares no século XX. Um durou entre 1966-1973, e o outro durante 1976-1983. O segundo período foi o mais violento. Houve uma grande onda de desaparecimentos e torturas. O caso de Fatima ficou marcado pois os detidos foram levados dos CDD’s (Centro de Detenção Clandestinos) para que fossem torturados, acabaram fuzilados e, pra que não ficassem provas, posteriormente dinamitados. Na época, foram identificadas apenas 5 vítimas, apenas anos mais tarde outros seriam identificados, graças ao trabalho da Equipe de Antropologia Forense da Argentina. Apenas em 2008, dois envolvidos foram condenados a pena de prisão perpétua. Foram eles: O ex-diretor de inteligência da Superintendência da Polícia Federal, Delegado-geral Juan Carlos Lapuyole e o delegado Carlos Henrique Gallone.

Na imagem, Juan Carlos Lapuyole, um dos condenados pelo massacre.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s