Marcha contra a Guitarra Elétrica

Hoje na História, 17 de Julho de 1967

Em 17 de julho de 1967, há 52 anos, ocorria em São Paulo a Marcha Contra a Guitarra Elétrica, também conhecida como Passeata da MPB, que tinha o slogan Defender o que É Nosso, um movimento em defesa da cultura brasileira e contra a influência da música estrangeira, principalmente em jovens músicos como Caetano Veloso e Gilberto Gil. O movimento ganhou esse nome por causa da luta por conta dos músicos serem contra o uso da guitarra elétrica, vista como um instrumento para americanização da MPB. A marcha ocorreu em São Paulo, saindo do Largo São Francisco e terminando na frente do Teatro Paramount, onde hoje é o Teatro Renault, na avenida Brigadeiro Luís Antônio, onde ocorria o programa Frente Ampla da MPB. Em outubro daquele ano ocorria o III Festival Internacional da Canção da Record, e com a massiva aceitação do tropicalismo como forma de expressão musical brasileira.

Na imagem, foto de participantes da marcha



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.