Redescobrimento da Pedra de Rosetta

Hoje na História, 15 de Julho de 1799

Rosetta Stone

Em 15 de julho de 1799, há 220 anos, membros da Comission des Sciences et des Arts, acompanhados por soldados do Exército Expedicionário Francês, redescobrem a Pedra de Rosetta, artefato que possibilitou o deciframento dos hieróglifos egípcios e assim abriu um novo caminho dentro da egiptologia. Originalmente, a Pedra de Rosetta, cidade hoje conhecida como Rashid, era um decreto outorgado pelo rei Ptolomeu V em 196 a.e.c., utilizando os hieróglifos, a escrita demótica e grego clássico, como havia pouca diferença entre as três escrita, a Pedra de Rosetta se mostrou um instrumento importante dentro dos estudos referentes aos egípcios, e  passou a virar um símbolo para algo que precisa ser decifrado. Desde de 2003 o Conselho Supremo de Antiguidades, entidade egípcio responsável pela manutenção de artefatos e símbolos que definem o Egito, além de lutar pelo repatriamento dos mais diversos artefatos originários do Egito espalhados pelo mundo,, vem lutando para a retomada da posse da Pedra de Rosetta, que no momento se encontra de posse do Museu Britânico, em Londres.

Na imagem, foto da Pedra de Rosetta em exposição no Museu Britânico, sem data



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s