Pogrom em Jedwabne

Hoje na História, 10 de Julho de 1941

Em 10 de julho de 1941, há 78 anos, acontecia em Jedwabne, no leste da Polônia, um pogrom onde pelo menos 340 judeus, entre eles mulheres e crianças, foram brutalmente massacrados, desses ao menos 300 foram mortos dentro de um celeiro incendiado propositalmente. Sob ocupação nazista desde setembro de 1939, a Polônia sempre fora um caldeirão étnico e com forte presença judaica e em terras polonesas judeus também sofreram com o flagelo nazista. O pogrom começou quando supostos membros da Gestapo, polícia secreta do regime nazista, obrigaram um grupo de judeus a demolir uma estátua de Lenin, erguida pelos soviéticos anos antes, e depois levar os entulhos da estátua até um celeiro onde se juntaram mais outros grupos de pessoas e então o celeiro foi incendiado, após o incêndio os restos mortais foram enterrados em uma cova comum. Pelos registros orais sabe-se que Ordungnspolizei, polícia oficial do regime, participou do pogrom e há fortes indícios da participação da Gestapo e da SS.

Na imagem, foto da sinagoga de Jedwabne datada de antes de 1913



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.