Execução de Giordano Bruno | Hoje Na História

Hoje Na História, 17 de Fevereiro de 1600

Há 420 anos, no dia 17 de fevereiro de 1600, era executado em Roma, após longo processo de encarceramento e julgamento pela Inquisição, o frade dominicano Giordano Bruno, reconhecido por seu trabalho como matemático, filósofo, cosmológo, poeta e ocultista hermético. As ideias em cosmologia de Bruno foram considerados marcos importantes no avanço do modelo proposto por Copérnico, principalmente ao propor que o Universo ser “infinito”, hipótese hoje ultrapassada na astrofísica, e ser um dos primeiros proponentes do pluralismo cósmico, hipótese onde a vida pode ser encontrada em outros pontos do cosmos para além da Terra. Em 1593 Giordano Bruno foi preso e seu julgamento pela Inquisição começou. Seus crimes? Atentar contra a fé cristã, os dogmas da Igreja Católica, como negação da eterna danação, a Trindade, a divindade do Cristo, a virgindade de Maria, a transubstanciação durante do pão durante a comunhão, entre outros. Em 1600, após sete de prisão e torturas constantes, durante o período ele foi impedido de falar em público, mesmo durante as sessões do júri, Giordano Bruno foi executado pela fogueira no Campo de’Fiori, em Roma pelas autoridades papais, se tornando um mártir pelo desenvolvimento da ciência e do pensamento livre.

Na imagem fotografia do monumento em homenagem a Giordano Bruno no Campo de’Fiori no exato local onde ele fora executado


Conheça nossa campanha de financiamento contínuo

Entre em www.catarse.me/clio e conheça a nossa campanha de crowdfunding no Catarse, a partir de R$ 5,00 você já ajuda o Clio a se manter no ar e produzir mais conteúdos para vocês

Financiadores desse post

Cristina Lima, Elizabeth Santos, Gabriel Bastos, Gui Aschar, Hannah Lima, Lazaro Coelho, Paula Guisard, Rosana Vecchia, Suzana Athayde, Vanessa Spinosa

Para todos vocês, nosso muito obrigado!

Siga o Clio nas Redes Sociais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.