Hoje na História: MOMA e MASP

Evolução das faixadas/prédios do MOMA.

Em 7 de novembro de 1929, há exatos 90 anos, era inaugurado o MOMA. E em 7 de novembro de 1968, há exatos 51 anos, era inagurada a nova sede do MASP.

Coincidência ou não, esse dia foi grande dia para a arte mundial, dois acontecimentos importantes ocorreram no mundo das artes.

O Museu de Arte Moderna, o MOMA, que fica em Manhattan, Nova Iorque é um dos museus mais importantes do mundo, abriu suas portas pela primeira vez em novembro de 1929. O seu director inagural era Alfred H. Barr.
O espaço foi criado pela influência das vanguardas europeias, na busca de enfatizar uma nova arte, e novos artistas, e fugir do clássico e do conservadorismo dos outros museus americanos.
A coleção do MOMA, é uma das mais completas quando se trata de arte moderna, assim, sendo referência. Em sua inauguração o museu havia em exposição oito pinturas e um desenho. Hoje, seu prédio abriga 150.000 obras, entre pinturas, desenhos, esculturas, peças de design, fotografias, modelos arquitecturais, e uma bibioteca com ficheiros de mais de 70.000 artistas e cerca de 305.000 livros. Entre suas principais e populares pinturas expostas estão; “A Noite Estrelada”, de Vincent van Gogh. “Les demoiselles d’Avignon”, de Pablo Picasso. “A Persistência da Memória”, de Salvador Dalí, entre outras.

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, o MASP, foi fundado em São Paulo, em 1947, na Rua 7 de Abril, pelo empresário Assis Chateaubriand, sendo o primeiro museu de arte moderna do Brasil, e um dos mais importantes do mundo.
Em 7 de novembro de 1968 ele é reinaugurado com uma nova estrutura e roupagem, e com esse prédio icônico e aclamado localizado na Av. Paulista, feito pela talentosa Lina Bo Bardi.
Lina trouxe varias mudanças além da estética e sua arquitetura crua e moderna, como o “vão do Masp”, um espaço pensado por ela para ser uma praça para a população. E mudando a experiência, trazendo um novo modo de como o visitante conduz seu olhar sobre as obras.
O MASP possui entre sua coleção pinturas clássicas, até as mais modernas, colocando-as em contra ponto. Possui um acervo de mais de 11 mil obras, entre pinturas, objetos, vídeos, esculturas, fotografias, vestuário, e desenhos. As principais e mais populares pinturas de seu acervo são: “As Meninas Cahen d’Anvers”, de Renoir. “O Escolar”, de Vincent van Gogh. “A canoa sobre o Epte”, de Monet, entre outras.

Prédio sede do MASP, de Lina Bo Bardi.

Você já conhece o nosso spin-off sobre museu ?
Acompanhe o projeto Museando nas redes do Clio, escute nossos podcasts, e aprenda mais sobre nossos incríveis museus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s